JH Mizuno
Model: LIVRO
Product ID: 55
Product SKU: 55
New In stock />
DOSIMETRIA PENAL E REGIME PRISIONAL 1 EDIÇÃO 2020 - MOSSIN - JH MIZUNO

DOSIMETRIA PENAL E REGIME PRISIONAL 1 EDIÇÃO 2020 - MOSSIN - JH MIZUNO

Destaque Lançamento

Marca: JH MizunoModelo:LIVRODisponibilidade: Imediata Referência: 9786555260229


De R$ 135,00
Por:
R$ 115,00
Economize  R$ 20,00

ou 12x de R$ 11,87 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

 Não existe na literatura nacional nenhuma obra jurídica abordando o tema DOSIMETRIA DA PENA E REGIME PRISIONAL, muito embora esses temas jurídicos sejam alvo de imensa discussão em nível de Tribunais locais e superiores em função de delitos imputados a políticos e empresários (colarinho branco). Nos tempos acadêmicos, lembrava o Prof. Willian Wanderley Jorge, que o revogado art. 42 do Código Penal, hoje substituído pelo art. 59, é o preceito mais importante desse Diploma, pois, por intermédio dele, é que a pena era, definitivamente, aplicada e individualizada. Sem dúvida, é com suporte no mencionado dispositivo integrante que o aplicador do Direito, havendo acolhimento da pretensão punitiva, tendo por esteio as circunstâncias judiciais nele contidas, determina a pena-base. Entretanto, esses vetores também se projetam no regime inicial de cumprimento da sanctio iuris definitivamente aplicada, também servindo de instrumento para seu estabelecimento, em função da reprovabilidade ou não da conduta do condenado. O objeto cardeal desta obra jurídica é exatamente analisar, de forma profunda, o vínculo existente entre as circunstâncias judiciais e o regime prisional inicial. Além disso, discutir, de forma bastante ampla, os critérios ou mecanismos que devem ser empregados para a dosimetria correta da sanctio legis em termos quantitativos, pois que não existe nesse sentido harmonia e equidade, principalmente entre os órgãos colegiados e fracionários do Poder Judiciário, o que não se revela ideal à administração da Justiça. Também, são inspecionados os pressupostos básicos e fundamentais objetivando a imposição do regime prisional inicial, além de outros temas jurídicos relacionados com a execução da pena privativa de liberdade que guardam interesse específico, como progressão e regressão do predito regime. O estudo levado a efeito é de utilidade para todos aqueles que se encontram envolvidos com o Direito Penal e Execução Penal, em nível acadêmico em termos de graduação e pós, da advocacia, do Ministério Público e da Magistratura.

CAPÍTULO 1
Passos Históricos do Direito Penal
1.1   Vingança Privada
1.2   Vingança Divina
1.3  Vingança Pública
1.4  Período Humanitário
1.5  Período Criminológico

CAPÍTULO 2
Pena e suas Teorias
2.1  Conceito de Pena
2.2  Teorias da Pena
2.2.1  Teoria absoluta (retributiva)
2.2.2  Teoria relativa (preventiva)
2.2.3  Teoria mista (unificada ou eclética)
2.2.4  Caracteres da pena

CAPÍTULO 3
Fundamentos do Escopo da Pena

CAPÍTULO 4
Individualização e Espécies de Pena
4.1  Penas Privativas da Liberdade
4.1.1  Surgimento da pena de prisão
4.1.2  Objetivo da pena privativa de liberdade
4.1.3  Modalidades da pena privativa de liberdade
4.1.3.1  Reclusão
4.1.3.2  Detenção
4.1.3.3  Prisão simples
4.2  Penas Restritivas de Direitos
4.2.1  Requisitos
4.2.2  Prestação pecuniária
4.2.3  Perda de bens e valores
4.2.4  Prestação de serviços à comunidade ou a entidades públicas
4.2.5  Interdição temporária de direitos
4.2.5.1  Proibição do exercício de cargo, função ou atividade pública, bem como de mandato eletivo
4.2.5.2  Proibição do exercício de profissão, atividade ou ofício que dependam de habilitação especial, de licença ou autorização do poder público
4.2.5.3  Suspensão de autorização ou habilitação para dirigir veículo
4.2.5.4  Proibição de frequentar determinados lugares
4.2.6  Limitação de fim de semana
4.3  Pena de Multa
4.4  Pena de Morte, Prisão Perpétua, Banimento e Outras Modalidades

CAPÍTULO 5
Dosimetria da Pena
5.1  Considerações
5.2  Medida da Pena-Base
5.2.1  Determinação da pena
5.2.2  Elementares do crime e dosimetria da pena
5.2.3 Fundamentação
5.3  Circunstâncias Modificadoras da Pena
5.3.1  Culpabilidade
5.3.2  Antecedentes
5.3.3  Conduta social
5.3.4  Personalidade
5.3.5  Motivos do crime
5.3.6  Circunstâncias do crime
5.3.7  Consequências do crime
5.3.8  Comportamento da vítima
5.4  Circunstâncias Legais
5.4.1  Circunstâncias agravantes
5.4.1.1  A reincidência
5.4.1.2  Por motivo fútil ou torpe
5.4.1.3  Para facilitar ou assegurar a execução, a ocultação, a impunidade ou vantagem de outro crime
5.4.1.4  À traição, de emboscada, ou mediante dissimulação, ou outro recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa do ofendido
5.4.1.5  Com emprego de veneno, fogo, explosivo, tortura ou outro meio insidioso ou cruel, ou de que podia resultar perigo comum
5.4.1.6  Contra ascendente, descendente, irmão ou cônjuge
5.4.1.7  Com abuso de autoridade ou prevalecendo-se de relações domésticas, de coabitação ou de hospitalidade, ou com violência contra a mulher na forma da lei específica
5.4.1.8  Com abuso de poder ou violação de dever inerente a cargo, ofício, ministério ou profissão
5.4.1.9  Contra criança, maior de 60 (sessenta) anos, enfermo ou mulher grávida
5.4.1.10  Quando o ofendido estava sob a imediata proteção da autoridade
5.4.1.11  Em ocasião de incêndio, naufrágio, inundação ou qualquer calamidade pública, ou de desgraça particular do ofendido
5.4.1.12  Em estado de embriaguez preordenada
5.4.1.13  Agravantes no caso de concurso de pessoas
5.4.2  Circunstâncias atenuantes
5.4.2.1  Considerações
5.4.2.2  Ser o agente menor de 21 (vinte e um), na data do fato, ou maior de 70 (setenta) anos, na data da sentença
5.4.2.3  Desconhecimento da lei
5.4.2.4  Cometido o crime por motivo de relevante valor social ou moral
5.4.2.5  Procurado, por sua espontânea vontade e com eficiência, logo após o crime, evitar-lhe ou minorar-lhe as consequências, ou ter, antes do julgamento, reparado o dano
5.4.2.6  Cometido o crime sob coação a que podia resistir, ou em cumprimento de ordem de autoridade superior, ou sob influência de violenta emoção, provocada por ato injusto da vítima
5.4.2.7  Confessado espontaneamente, perante a autoridade, a autoria do crime
5.4.2.8  Cometido o crime sob a influência de multidão em tumulto, se não o provocou
5.4.2.9  Em razão de circunstância relevante, anterior ou posterior ao crime, embora não prevista expressamente em lei
5.4.2.10  Concurso de circunstâncias agravantes e atenuantes
5.4.3  Causas de diminuição e aumento da pena
5.4.3.1  Concurso de causas de aumento e diminuição da pena na parte especial
5.4.3.2  Concurso material de crimes
5.4.3.3  Concurso formal de crimes
5.4.3.4  Crime continuado
5.5  Fases da Graduação da Pena
5.5.1  Primeira fase da graduação
5.5.1.1  Pena privativa de liberdade
5.5.1.1.1  Entorpecentes
5.5.1.1.2  Suspensão da habilitação para dirigir veículo automotor
5.5.1.2  Pena de multa
5.5.1.2.1  Entorpecentes
5.5.2  Segunda fase da graduação
5.5.2.1  Entorpecentes
5.5.3  Terceira fase da graduação
5.5.3.1  Adição da pena
5.5.3.2  Diminuição da pena
5.5.3.3  Entorpecentes
5.6  Penas Restritivas de Direito

CAPÍTULO 6
Regime Prisional
6.1  Considerações
6.2  Modalidades de Regimes Prisionais
6.2.1  Regime fechado
6.2.1.1  Gravidade do crime e regime prisional
6.2.1.2  Características do regime fechado
6.2.1.2.1  Local de cumprimento da pena
6.2.1.2.2  Atividade laboral
6.2.1.2.3  Permissão de saída
6.2.2  Regime semiaberto
6.2.2.1  Considerações
6.2.2.2  Requisitos objetivos e subjetivos
6.2.2.3  Atividade laboral
6.2.2.4  Direitos conferidos aos presos em regime semiaberto
6.2.2.4.1  Permissão de saída
6.2.2.4.2  Saída temporária
6.2.2.4.3  Concessão e requisitos
6.2.2.4.4  Revogação e recuperação
6.2.2.4.5  Monitoramento eletrônico
6.2.2.4.6  Ausência de vaga no regime semiaberto
6.2.2.4.7 Vedação à saída temporária
6.2.3  Regime aberto
6.2.4  Regime especial
6.2.5  Entorpecentes
6.2.6  Livramento condicional
6.2.6.1  Requisitos
6.2.6.2  Entorpecentes
6.2.6.3  Condições do livramento
6.2.6.4  Revogação e suspensão do livramento condicional
6.2.6.5  Extinção da punibilidade
6.3  Progressão e Regressão de Regime Prisional
6.3.1  Progressão de regime prisional
6.3.1.1  Progressão de regime prisional para mulheres
6.3.2  Regressão de regime prisional

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO REMISSIVO

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos